1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Entenda como funciona o Bolsa Família

O Bolsa Família é um dos principais programas do governo brasileiro. Ele consiste em oferecer uma renda extra às famílias em situação de extrema pobreza e pobreza, com o intuito de acabar com a miséria e ajudar essas famílias a melhorarem suas qualidades de vida. Todos os anos o programa sofre reajustes de modo a aumentar o valor transferido às famílias, beneficiando assim cada vez mais pessoas.

Para saber mais sobre o programa, veja a seguir como funciona o Bolsa Família.

Entenda como funciona o Bolsa Família

Entenda como funciona o Bolsa Família

Como funciona o bolsa família?

O Bolsa Família é destinado às famílias de extrema pobreza e pobreza. Se classificam nessas categorias as famílias com uma renda mensal de até R$85,00 por pessoa ou de zero a R$177,00 por pessoa. De acordo com a renda familiar o governo calcula o valor que cada família receberá, já que existem vários benefícios como o básico, variável jovem, entre outros.

Após o cálculo, a família passa a receber todo mês essa renda por meio do Cartão do Bolsa Família, podendo acumular mais de um benefício de acordo com sua composição familiar.

Bolsa família quanto recebe por filho?

Isso depende muito de uma família para outra. O benefício variável, no valor de R$39,00, é destinado às famílias pobres e extremamente pobres cuja composição contenha crianças e adolescentes de 0 a 15 anos, gestantes ou nutrizes. Nesse caso, a família pode acumular até cinco benefícios variáveis e, para completar, ainda pode acumular o benefício variável com o básico.

Já no benefício variável para jovem, no valor de R$45,00, é concedido às famílias pobres e extremamente pobres que tenham em sua composição adolescentes de 16 a 17 anos. É possível acumular somente dois benefícios.

Renda per capita bolsa família 2017

A renda per capita do Bolsa Família pode ser reajustada todos os anos, de modo a ampliar o número de famílias participantes e também aumentar a renda transferida. Antigamente, por exemplo, a renda familiar era em torno de R$77,00 para famílias extremamente pobres.

Renda per capita bolsa família 2016

A renda per capita é o principal critério do Bolsa Família, por isso é fundamental que todas as famílias interessadas em participar se certifiquem de que são compatíveis com o que é exigido.

Critérios para receber bolsa família

Como você já sabe, o principal critério é o da renda. Por isso, você e sua família podem ter uma renda de até R$85,00 por pessoa ou de zero a R$177,00 por pessoa. Além disso, eles dão preferência para famílias onde o responsável familiar é mulher e também para famílias que vivem em situação de risco.

Bolsa família quanto vou receber?

O valor que você vai receber depende da sua composição familiar, como já explicamos. Com base nas informações que damos e valores, você pode ter uma noção do valor que receberá mensalmente com o programa. O valor exato só será calculado pelo governo caso sua família seja selecionada.

Valor máximo bolsa família 2017

O valor máximo a ser recebido varia de R$1 mil a R$2 mil, de acordo com a composição familiar. Uma família pode acumular todos os benefícios mencionados e por isso chegar a um montante que varia entre o valor estipulado.

Bolsa família como se cadastrar?

Para se cadastrar é preciso efetuar o cadastro da família no CadÚnico do Governo Federal. Esse cadastro é feito na prefeitura do município ou no setor responsável por esse tipo de programa. O responsável familiar deve comparecer com todos os documentos do grupo familiar e efetuar o cadastro.

Bolsa Família

Bolsa Família

Como funciona o bolsa escola?

O Bolsa Escola era o programa anterior ao Bolsa Família, cujo foco estava na inclusão de crianças e adolescentes pobres à educação básica. O programa evoluiu e agora, além de garantir que as crianças compareçam à escola, o programa também oferece uma renda às suas famílias.

 

Recomendados para você: