1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Minha Vida Minha Casa São Paulo SP 2018

A cidade de São Paulo é uma das maiores do nosso país, contendo cidadãos de várias etnias e classes sociais. Mesmo com a atuação de programas como o Minha Casa Minha Vida na região, ainda existe uma ampla diferença entre as classes sociais e números altos de déficit habitacional que, aos poucos, devem começar a diminuir.

Para que essa diferença seja cada vez menor, conjuntos habitacionais têm sido construídos perto dos centros urbanos, permitindo que as famílias, além de ganharem a casa própria, consigam se locomover com mais facilidade, sem precisar gastar muito com o transporte. O programa deve abrir novas inscrições em São Paulo em 2018, e a seguir você fica ciente de tudo que precisa saber para participar.

Minha Casa Minha Vida: como funciona?

O Minha Casa Minha Vida repassa recursos para as Secretarias de Habitação e prefeituras municipais de todo o país, para que assim consigam contratar novas moradias e construir os empreendimentos habitacionais. Além disso, o Ministério da Cidade é o responsável por revisar os projetos de cada município e fornecer o veredito, levando os empreendimentos a serem construídos ou não.

Com os recursos, a prefeitura e a Secretaria colocam em prática todas as etapas do programa, como as inscrições e o sorteio. Quando as famílias são definidas, elas são chamadas para assinar o contrato do financiamento. Depois, basta aguardar que os imóveis fiquem prontos, e os mesmos serão entregues por meio do sorteio das chaves dos apartamentos.

Minha Casa Minha Vida: requisitos

Para poder participar do Minha Casa Minha Vida São Paulo e ganhar uma moradia no ano que vem, as famílias interessadas devem estar atentas aos requisitos impostos pelo governo federal e cobrados pela Secretaria de Habitação.

A família deve, por exemplo, morar há pelo menos cinco anos na região; não pode nunca ter sido beneficiada por outro programa habitacional; e não deve ter um imóvel registrado em seu nome. Mas isso ainda não é tudo: a renda familiar não deve ser maior do que R$1,8 mil e a preferência é para famílias cujo responsável familiar é uma mulher. Também ganham prioridade no sorteio as famílias que moram em regiões afetadas pela chuva ou que se encontram desamparadas no momento.

Minha Casa Minha Vida: inscrições

As inscrições para o programa são extremamente aguardadas pelas famílias. A Secretaria de Habitação de São Paulo ainda não repassou nenhum dado sobre o programa em 2018, mas espera-se que novas inscrições sejam disponibilizadas até o final do primeiro semestre. Quando isso acontecer, todas as informações poderão ser encontradas no site da Secretaria, assim como as regras, documentos, meios de se inscrever.

Geralmente as famílias interessadas devem se dirigir até a Secretaria com a documentação exigida em mãos, e efetuar o cadastro. Há um prazo que deve ser cumprido, por isso confira-o para que assim não perca a oportunidade. Apenas o responsável familiar deve ir efetuar a inscrição, tendo em mãos os documentos de todas as pessoas que compõem o seu grupo familiar.

 

Recomendados para você: