1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Novas regras de ingresso no fies 2015

Novas regras de ingresso no fies 2015

Agora os alunos que quiserem contratar o Fies devem estar atentos as novas regras do financiamento que começaram a valer na segunda feira (30 de março). Milhares de jovens já foram beneficiados com o Fies e agora é sua vez de entrar na universidade, fique por dentro de todas as novidades a respeito da edição 2015 do fies e faça agora mesmo sua inscrição e só comece a pagar o financiamento depois de se formar, confira.

imagem:divulgação

imagem:divulgação

Fies 2015 – Novas Regras

As novas regras entraram em vigor na segunda feira dia 30 e as inscrições vão até dia 30 de Abril, por isso os jovens não podem perder mais tempo, antes das novas regras entrarem em vigor ainda era possível se inscrever com as regras antigas, cerca de 200 mil jovens conseguiram se inscrever a tempo, agora é preciso atender às novas regras.

Agora os jovens que quiserem se candidatar para a o Fies 2015 devem ter tirado no mínimo 450 pontos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), além disso, o jovem também não pode ter zerado a redação, com isso o número de jovens aceitos para o Fies vai cair um pouco, antes qualquer aluno poderia fazer a inscrição, o prazo de inscrição também diminuiu, antes durava o semestre todo, agora acaba dia 30 de abril.

Fies 2015 – Como se inscrever

As inscrições para o Fies são feitas através do SisFies Aluno que é o portal informatizado do Fies e pode ser acessado pelo link http://sisfiesportal.mec.gov.br/, no momento da inscrição o aluno deverá ter em mãos o número do CPF, data de nascimento, um endereço de e-mail válido e uma senha, assim que terminar o cadastro o aluno receberá um e-mail com um link de validação, ai é só usar a senha cadastrada para acessar o SisFies e fazer a contratação.

imagem:divulgação

imagem:divulgação

Fies 2015 – Como funciona?

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) dá bolsas de estudo, integral ou parcial, nas melhores universidades particulares do país, o valor da bolsa vai variar de acordo com a renda mensal bruta da família. Os jovens contemplados pagarão o equivalente a R$50,00 a cada três meses, após o término do curso superior o aluno ainda terá 18 meses para pagar o valor de R$50,00 e só depois disso é que começaram a pagar o valor do financiamento que será dividido em várias vezes.

Segue abaixo como funciona o valor da bolsa de acordo com a renda familiar:

  • Renda familiar bruta de até 10 salários mínimos: Podem solicitar o financiamento de 100%
  • Renda familiar bruta de até 11 até 15 salários mínimos: Podem solicitar o financiamento de 75%
  • Renda familiar bruta de 16 a 20 salários mínimos: Podem solicitar o financiamento de 50%

Então lembre-se, as inscrições vão até o dia 30 de abril e é necessário ter nota igual ou superior a 450 pontos no Enem e não pode ter zerado na redação, não perca essa chance.

imagem:divulgação

imagem:divulgação

 

 

Publicidade sugerida para você: