1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Quem tem direito ao Fies 2017?

O Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), publicou no Diário Oficial da União, no dia 26 de maio, as novas regras para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A partir de 2016, todos os estudantes que quiserem participar do Fies terão de ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Já quem concluiu o ensino médio antes de 2010 ou é professor do ensino básico em escolas públicas e está matriculado em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia está dispensado dessa exigência.

Fies 2017

A portaria estabelece também que, a partir do primeiro semestre de 2017, a seleção dos estudantes para a contratação do financiamento do Fies será feita exclusivamente a partir dos resultados do Enem.

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)

Somente estudantes que alcançarem uma nota mínima de 450 pontos em cada uma das provas do exame terão direito de solicitar o benefício do Fies 2017. A nota da redação também conta, os candidatos não podem zerar na prova de redação do Enem, quem zerar não terá direito de solicitar o Fies.

Como se inscrever no Fies 2017

As inscrições são feitas pelo Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), no site do FIES http://sisfiesportal.mec.gov.br.Após a inscrição o estudante tem que legitimar as informações junto a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), na instituição de ensino, em até 10 dias, contados a partir do dia posterior ao da conclusão da inscrição.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Em seguida comparecer em um agente financeiro do FIES em até 10 dias, a partir do terceiro dia útil seguinte à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

Fies 2017

Criado em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação com o objetivo de financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares. O programa financia até 100% do valor da mensalidade do curso do ensino superior e o estudante começa a pagar as prestações do financiamento a partir do 19° mês após a conclusão do curso.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

O benefício pode ser solicitado por alunos de instituições privadas conveniadas ao MEC, que tenham renda familiar inferior a 20 salários mínimos e cujo comprometimento financeiro seja menor que 20% da renda familiar.

Números do Fies

Nos próximos anos o MEC quer financiar os estudos de cerca de 350 mil pessoas anualmente. Os novos financiamentos serão centralizados em um sistema do MEC, como acontece com o Programa Universidade Para Todos (ProUni) e com as vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No ano passado, o Fies teve 732 mil novos contratos, cerca de 1,9 milhão de alunos. O gasto com o programa ultrapassou os R$ 13,7 bilhões.

Publicidade sugerida para você: