1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...

Minha Casa Minha Vida, o que é e como funciona o programa

Diversas famílias em busca da casa própria já se beneficiaram com os recursos do programa federal que foi criado para beneficiar famílias de baixa renda. Por meio desse programa essas famílias conseguiram adquirir a casa própria, arcando com mensalidades que cabiam no bolso e usufruindo de várias facilidades.

As casas adquiridas por essas famílias se encontram em condomínios e empreendimentos completos com tudo que é necessário. Estamos falando do MCMV e se você deseja saber como participar, veja a seguir como funciona o Minha Casa Minha Vida.

Minha casa minha vida

Minha casa minha vida

O que é o minha casa minha vida?

O Minha Casa Minha Vida é um programa do governo federal criado há muitos anos para facilitar o acesso a casa própria. Inicialmente ele era destinado somente às famílias de baixa renda que moravam de aluguel e de favor, e não tinham condições de arcar com um financiamento normal.

Por isso o programa começou sorteando casas populares a essas famílias e aquelas beneficiadas arcavam com parcelas que não podiam ser maiores do que 30% da sua renda familiar, de modo a não prejudicar a qualidade de vida. Essas características se mantêm até os dias atuais, mas o programa passou a oferecer o acesso a casa própria a todas as famílias brasileiras, independente da renda.

Como funciona o minha casa minha vida?

O programa funciona de forma bem simples de ser entendida: as famílias de baixa renda podem apenas concorrer a casas populares, por isso devem se cadastrar na prefeitura de sua cidade ou no setor responsável pelo programa, para participar dos sorteios que são realizados todos os anos.

Já as famílias que possuem uma renda maior podem ir diretamente até a Caixa para contratarem o financiamento do imóvel que desejam adquirir e aproveitar todas as condições especiais que são oferecidas.

Inscrição minha casa minha vida 2018

As inscrições do Minha Casa Minha Vida abrem em diferentes datas em cada município brasileiro, de acordo com a demanda habitacional e dos recursos liberados pelo governo. Por isso você sempre deve ficar de olho no site da prefeitura de seu município ou da Secretaria de Habitação, para que assim possa participar quando for a hora.

O responsável familiar deve ir fazer a inscrição no horário e local marcado, tendo em mãos todos os documentos dos membros do grupo familiar.

Requisitos minha casa minha vida

Para participar do Minha Casa Minha Vida é preciso ter uma renda de até R$1.800,00 por mês. Caso sua família possua uma renda superior, poderá contratar diretamente em uma agência da Caixa.

Minha casa minha vida

Minha casa minha vida

O programa ainda dá preferência para famílias cujo responsável familiar é uma mulher e que vivem em situações de risco. Há outros requisitos, como não possuir imóvel próprio e nem ter usado os recursos do FGTS nos últimos dois anos.

Documentos minha casa minha vida

No momento da inscrição o responsável familiar deve apresentar uma série de documentos, como: RG, CPF, Comprovante de Renda, Comprovante de Residência, Certidão de Nascimento ou Casamento, entre outros.

 

Recomendados para você: