1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Prouni Inscrições para 2015

Ingressar em uma faculdade e conseguir um diploma de nível superior é um sonho que acompanha milhares de brasileiros. Porém, este sonho nem sempre se torna possível, devido à limitações financeiras e a impossibilidade de pagar o valor das mensalidades de uma faculdade particular, além da extrema concorrência das universidades públicas, o que faz com que o ingresso em um curso gratuito em universidade estadual ou federal seja algo para poucos.

Tendo em vista este fato, e visando o desenvolvimento da educação no país, o governo federal criou o ProUni (Programa Universidade para Todos) que contempla jovens de baixa renda do país inteiro com a possibilidade de conseguir bolsas de estudo integrais ou parciais de 50%.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Inscrição Prouni 2015/2

Todos os anos o ProUni (Programa Universidade Para Todos) abre inscrições no início e no meio do ano, acompanhando o calendário universitário. Para quem deseja concorrer a uma bolsa do ProUni é sempre importante lembrar que os critérios de seleção exigidos são a participação no ENEM e a renda familiar compatível com o programa.

Para quem prestou o ENEM 2014, o ProUni abre inscrições para sua seletiva de segundo semestre nesta terça-feira, dia 16 de junho de 2015, sendo que o prazo para inscrições será de apenas 3 dias, indo até quarta-feira dia 18.

Os interessados em se inscrever poderão fazê-lo através do site www.enem.inep.gov.br, onde farão o cadastro com seus dados e endereço de e-mail, escolhendo as universidades e cursos para onde desejam concorrer. Após feita a inscrição, será possível atualizar as escolhas de acordo com as notas de corte de cada curso e horário. Lembrando que as notas de corte são atualizadas diariamente.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

O que é preciso para participar do Prouni

Para participar do ProUni, o candidato deve ter feito o Enem 2014 e obtido nota igual ou superior a 450 pontos, além de nota superior a zero na redação. Além disso é necessário comprovar renda familiar per capita de até 1 salário mínimo e meio para bolsas de 100% ou 3 salários mínimos por pessoa da família, para bolsas de 50%.

Também é necessário não possuir formação superior anterior, a única exceção para esta regra é para professores efetivos da rede pública de ensino, e só é válida para cursos de licenciatura.

Além disso, o candidato deve ter cursado o ensino médio integralmente em escola pública, ou em escola particular com bolsa integral oferecida pela própria instituição, uma vez que o programa destina-se a alunos de baixa renda e que provenham da rede pública de ensino.

Recomendados para você: